Carbono / Oxigênio /Hidrogênio

Carbono / Oxigênio /Hidrogênio

Os processos utilizados pelas tecnologias de Captura e Uso do Carbono (CCUs) apoiados pela Shaire não geram resíduos, e sim elementos que podem ser utilizados posteriormente como matéria prima para produtos ou como combustível (no caso da liquefação).

Tais elementos são o carbono, hidrogênio e oxigênio, dependendo do gás de entrada (dióxido de carbono ou metano). O carbono, como elemento sólido, é amplamente utilizado no setor industrial atualmente, desde na forma de fibras até nanoestruturas. Porém, para suprir tal demanda, o carbono precisa ser retirado de fontes naturais, como minas de grafite, que em muitos casos já estão atingindo patamares elevados de exploração, causando severos impactos ambientais e pressão sobre os estoques minerais. O carbono também pode ser retirado através do processamento de resíduos aromáticos produzidos no setor petrolífero. O uso do CO2 não é um fato recente, tendo sido foco de interesse para a conversão em produtos químicos, plásticos e combustíveis desde meados do século XIX com a síntese de ácido salicílico, carbonato de cálcio e uréia.

Muitos produtos ricos em carbono podem ser sintetizados via CCU, como combustíveis sintéticos (líquidos e gasosos), syngas, uréia, materiais para a construção civil, polímeros, entre outros.

Quando separados de forma adequada, os elementos que compõe os gases do efeito estufa podem ter alto valor agregado e voltam a circular na cadeia produtiva, evitando que sejam liberados para a atmosfera e reduzindo a pressão sobre os estoques naturais.