NOSSO DESAFIO

Desde a revolução industrial o nosso planeta vem mostrando sinais de que a forma que a sociedade se desenvolve precisa mudar.
O uso de combustíveis fósseis, desmatamento, práticas equivocadas no agronegócio, dentre outras atividades humanas, vêm poluindo a biosfera e, em especial, gases causadores do efeito estufa (GEEs) tem aumentado a temperatura média do planeta, em uma média de 1°C desde a revolução industrial, segundo cientistas. O dióxido de carbono (CO2), principal gás do efeito estufa (76% das emissões globais), ocorre naturalmente na atmosfera em uma quantidade de menos de 1%, porém, mesmo nesta quantidade ínfima, é um componente essencial para a manutenção do equilíbrio climático global. A concentração atmosférica de CO2 passou de 280 ppm (partes por milhão) no ano de 1750 para 409 ppm em 2018, representando um incremento de aproximadamente 39%. O resultado deste aumento no efeito estufa é a elevação das temperaturas médias em nosso planeta, que já passou por muitas oscilações climáticas, porém nenhuma na velocidade registrada atualmente. Os outros GEEs que são emitidos em quantidades significativas pelas atividades humanas são o metano (16%), liberado principalmente em processos biológicos (tratamento de efluentes, aterros sanitários, agropecuária, etc) mas também na indústria do petróleo, e o óxido nitroso (6%), de origem principalmente industrial e agrícola, segundo o relatório de 2014 do IPCC. O aumento nas temperaturas causa o acirramento e alterações em diversos eventos climáticos, como tempestades, furacões e secas, além de ter consequências ecológicas catastróficas, como a acidificação dos oceanos, interrompendo diversos serviços ecossistêmicos fornecidos para a humanidade. As implicações das mudanças climáticas são econômicas, ambientais, sociais e financeiras.

Origem

As alterações do uso da terra - em especial o desmatamento na Amazônia – compõem 42% do total de emissões brasileiras atualmente.

Cenário Mundial

O Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) alerta que frear o aquecimento em 1,5°Celsius requer corte de 45% nas emissões em 12 anos.

Consequências

O nível global do mar subiu cerca de 20 centímetros no último século, sendo que a taxa dobrou nas últimas duas décadas.

A Causa

Shaire é um movimento com a missão de conscientizar empresas e pessoas sobre o risco dos GEEs, promovendo a estocagem de carbono retirado da poluicão em produtos, equalizando a balança da pegada de carbono.

Origem do nome

O nome Shaire surgiu através de um neologismo de palavras da língua inglesa: share, em português compartilhar; air, em português ar; e sheer, em português puro, ou seja, compartilhar ar puro.

Quem somos

A Shaire é uma iniciativa brasileira que visa contribuir na atenuação das mudanças climáticas através do uso de tecnologias que estocam o carbono.

O processo

Gases do efeito estufa são captados de fontes poluentes, suas moléculas são separadas resultando na disponibilização de carbono sólido, que pode ser aplicado em novos produtos.

Carbono / Oxigênio /Hidrogênio

Os processos utilizados pelas tecnologias de Captura e Uso do Carbono (CCUs) apoiados pela Shaire geram matéria prima retirada do que seria poluição.

Estocagem do carbono

A captura e estocagem do carbono é um campo relativamente novo da ciência ligada ao combate das mudanças climáticas que vem apresentando muitas inovações.

Homologações

Seguindo nossas diretrizes de honestidade e transparência, segue abaixo a relação das empresas que apoiam e participam da Shaire. Procure pela assinatura da Shaire nos produtos e ou serviços dessas empresas, ela é a certeza de que você estará contribuindo com o meio ambiente.

Resultado Global

Este processo se enquadra no conceito de Economia Circular que visa reduzir o impacto das atividades humanas sobre o planeta. Nela, a produção industrial e o consumo ocorrem em um ciclo fechado, minimizando ao máximo a geração de resíduos, a extração de recursos naturais e o desperdício.

Depoimentos de empresas e pessoas.

Todas as empresas são feitas de pessoas e para pessoas. O engajamento entre elas é o que fortalece nossa iniciativa.

Depoimentos

"A Shaire é a concretização de sonhos e iniciativas de pessoas e empresas que tem em comum o objetivo de proporcionar novas alternativas para a sociedade, unindo a conscientização com ações simples e eficazes e usando novas tecnologias para a mitigação da poluição atmosférica e ambiental".

Rui Fernando Müller CO2in

Sempre tivemos na Wiit o propósito de inovarmos otimizando a cadeia produtiva no comércio de óculos com a impressão 3D e encontramos na Shaire muito mais do que uma relação de fornecimento. É uma parceria que nos abriu os olhos para a sustentabilidade através da economia circular. Acreditamos que juntos podemos mais como empresas e também como cidadãos!

Manoel Pereira Wiit Design

“Participar de eventos com a Shaire, permite levar ao conhecimento das pessoas nossos avanços na criação e melhoria de materiais para a sociedade".

Sérgio Bastian Clean Nano

"É uma iniciativa única que busca sensibilizar individuos e empresas sobre a responsabilidade compartilhada de buscar soluções para a poluição".

Fernanda Müller Instituto Carbono

Na Diklatex, trabalhamos pra ser a referência nacional em soluções técnicas e tecnológicas para o mercado têxtil. Fazendo parte da iniciativa, damos mais um passo importante rumo a essa conquista; além de escalar, junto à Shaire, a um patamar inédito de sustentabilidade.

André M Jativa Diklatex

Faça Parte

Equipe Shaire

As escolhas que fazemos em nossa rotina influenciam diretamente na qualidade ambiental do planeta. Sendo empresas ou indivíduos, temos a responsabilidade de nos informar e ponderar nossas decisões em relação a quais produtos escolhemos. As empresas podem desenvolver produtos que tenham uma durabilidade maior, que possam ser consertados, reformados, reciclados, e por último, descartados de forma que não agridam o meio ambiente.